Este blog…

… começou a ser gerado no mês de fevereiro do ano de 2011. A minha curiosidade pelos ‘novos letramentos’ foi despertada e eu resolvi passar metodicamente por este aprendizado.

Eu, Nilce, desde 2002, como professora da USP, e meus alunos da Pedagogia e de outras unidades, temos planejado aulas, debatido estes planejamentos. Depois, os professores- alunos têm ido a salas de aula para colocar à  prova suas ideias na realidade das escolas da cidade de S. Paulo e seus arredores. Feito isto, eles têm voltado à FEUSP para discutir as possibilidades e limites dos seus trabalhos.

O computador (com ou sem acesso à internet) tem sido uma importante ferramenta de trabalho no nosso contexto e, a partir de seus recursos, novas formas de contato, de afeto, de contato com o conhecimento e de habilidades têm surgido.

Muito material bom tem sido produzido: planos de aula, material de ensino, depoimentos, artigos e tantas outras coisas que, muitas vezes, deixam de ser aproveitadas, melhoradas, ratificadas.

Alguns alunos continuam seu trabalho no alfabetizar crianças, jovens e adultos e destes temos novidades; de outros, nunca mais ouvimos falar.

Neste contexto, este site pretende ser um local de encontro, de partilha para formar profissionais e, deste forma, discutirmos sobre qual é a relação entre alfabetizar e mundo virtual nos dias de hoje.

Sendo assim, vamos ao trabalho!

Nilce da Silva

URGENTE! Links Importantes!

Link de acesso sobre Universidade Sherbrooke do Canadá:

http://www.usherbrooke.ca/crcie/

Revista Acolhendo:

http://www.acoalfaplp.net/

_______________________________________________________________________________________________________

Lendo as palavras perdidas
Medidas como medem-se as flores
Fertiliza-se frases de cores e sabores
Tio Freinet poda aqui e ali
Atrai beija-flor, tico-tico, bem-te-vi
Enche o peito
E orgulhoso Tio Freinet sorri
Livres, as flores deixam as nuvens se encherem
Livres as gotas caírem
E crescem assim vigorosas aquelas flores de amores
Numa atmosfera serena e calma
A liberdade ilumina a criatividade
Que colore, canta e até dança
No ritmo do amadurecimento dos frutos
Segue a brisa fresca
Que refresca a magia que envolve toda criança
Enquanto isso
Na sintonia dos pequenos hippies
Tio Freinet dança a felicidade de infância
Pulsando, rebolando e balançando
Inspirando paz, agradecendo e expirando esperança

                                                                                                                                                            Francisco de Atenas

_______________________________________________________________________________________________________




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 227 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: